Se você já conversou com alguém que vive em negação, sabe que pode ser uma experiência desconcertante.

A negação não é uma escolha simples que você faz; é um mecanismo de defesa psicológica.

Pessoas que usam a negação geralmente expressam certas frases que indicam seu estado de espírito. Essas frases podem parecer confusas e às vezes até frustrantes para quem as recebe.

Conversar com alguém em negação pode ser particularmente difícil, mas compreender a psicologia por trás de suas palavras pode tornar tudo mais fácil.

Este artigo tem como objetivo decodificar algumas dessas frases que as pessoas que vivem em negação tendem a usar. O objetivo é fornecer insights sobre o que realmente está acontecendo abaixo da superfície.

1) “Não é grande coisa”

Uma frase frequentemente ouvida de pessoas que vivem em negação é “Não é grande coisa”, que elas usam como forma de minimizar a realidade de uma situação.

Por exemplo, se forem confrontados com um problema de saúde e optarem por ignorar a gravidade do mesmo, poderão dizer: “Não é grande coisa; Eu me sinto bem.”

Esta frase os ajuda a criar uma sensação de falso conforto, permitindo-lhes evitar o confronto com o problema em questão.

Psicologicamente, serve como escudo protetor, evitando que se sintam sobrecarregados ou ansiosos com a situação.

No entanto, para aqueles que recebem, pode ser frustrante. Eles podem ver a gravidade da situação e querer que a pessoa que está em negação também reconheça isso.

Apesar de suas intenções, pressionar demais pode muitas vezes resultar em um novo recuo para a negação.

Entender que “não é grande coisa” tem mais a ver com autopreservação do que com desrespeito pela realidade pode ajudá-lo a abordar essas conversas com mais empatia e paciência.

2) “Estou muito ocupado”

Outra frase frequentemente usada por aqueles que vivem em negação é “Estou muito ocupado”.

É uma resposta comum quando são confrontados com a negligência de certos aspectos de suas vidas, como relacionamentos, saúde ou responsabilidades.

Superficialmente, pode parecer uma desculpa legítima. Afinal, quem não esteve muito ocupado às vezes?

Mas, no contexto da negação, muitas vezes é uma forma de justificar evitar situações ou emoções difíceis.

A pessoa em negação não é necessariamente mais ocupada do que qualquer outra pessoa. Eles estão usando a percepção de que estão ocupados como uma cortina de fumaça para evitar o confronto com o problema em questão.

Ironicamente, ao afirmarem constantemente que estão muito ocupados, podem acabar criando mais estresse e complicações para si próprios no longo prazo.

3) “Não quero falar sobre isso”

“Não quero falar sobre isso” é uma frase comumente associada a quem está em negação.

Esta frase permite-lhes encerrar qualquer conversa que os aproxime do reconhecimento da realidade que estão tentando evitar.

Embora possa parecer uma clara tentativa de evitar o problema, o interessante é que o ato de verbalizar nossas experiências e emoções demonstrou ajudar a processá-las.

Na verdade, ‘terapias da fala’ como o aconselhamento e a psicoterapia são construídos sobre essa premissa.

Portanto, a relutância em discutir o assunto em questão pode, na verdade, prolongar o período de negação e impedir o progresso no sentido da resolução ou aceitação.

É como estar num labirinto com os olhos fechados; sem enfrentar o problema, encontrar uma saída torna-se muito mais difícil.

4) “Estou bem, sério”

Quando as pessoas em negação dizem: “Estou bem, de verdade”, é uma tentativa de tranquilizar os outros e a si mesmas.

Eles usam isso como uma declaração geral para encobrir seus verdadeiros sentimentos ou a realidade que estão lutando para aceitar.

Por trás dessa frase, pode haver emoções ou uma situação desafiadora que eles não estão preparados para enfrentar.

Não é que eles estejam tentando ser desonestos. Acontece que eles estão tentando manter o controle e a paz.

Quando você ouve “Estou bem, de verdade”, pode ser um pedido silencioso de paciência, compreensão e espaço.

Não há problema em lembrá-los gentilmente de que também não há problema em não estar bem o tempo todo. Às vezes, reconhecer que as coisas não estão bem é o primeiro passo para a cura e o crescimento.

5) “As coisas vão melhorar”

“As coisas vão melhorar” é uma frase que muitas pessoas usam, inclusive aquelas que estão em negação.

Há um sentimento de esperança associado a isso, uma crença de que o futuro reserva algo melhor. É uma forma de lidarem com a realidade atual sem realmente abordá-la.

Todos nós provavelmente já usamos essa frase em algum momento de nossas vidas, especialmente em tempos difíceis. É uma prova da nossa resiliência e otimismo.

Mas quando usado por alguém em negação, também pode funcionar como uma tática de adiamento, empurrando a necessidade de lidar com a questão presente para um futuro indefinido.

Embora seja importante ter esperança, é igualmente importante lembrar que melhorar muitas vezes envolve confrontar e resolver os nossos problemas atuais.

É um equilíbrio delicado entre o otimismo esperançoso e o realismo prático.

6) “Posso parar quando quiser”

Esta é uma frase comumente usada por pessoas em negação, especialmente aquelas que lidam com o vício.

É uma forma de autoconfiança de que eles estão no controle da sua situação, mesmo quando as evidências sugerem o contrário.

Por exemplo, uma vez um amigo me disse: “Posso parar quando quiser” quando fui confrontado com seus hábitos excessivos de consumo de álcool.

Apesar do impacto que teve na sua saúde e nos seus relacionamentos, eles mantiveram a crença de que poderiam parar instantaneamente se quisessem.

Essa frase permitiu-lhes manter uma ilusão de controle e evitar aceitar que o hábito de beber havia se tornado um problema.

Foi só quando conseguiram ultrapassar esta negação e confrontar directamente a questão que começaram a fazer progressos no caminho da recuperação.

7) “Não preciso de ajuda”

“Não preciso de ajuda” é uma frase a que recorrem os indivíduos em negação, na tentativa de afirmar a sua independência e controlo.

Mas sejamos realistas: não há problema em precisar de ajuda. A vida nos lança obstáculos e às vezes não conseguimos lidar com tudo sozinhos.

Acredite em alguém que já passou por isso: recusar ajuda não o torna mais forte ou mais independente. Na verdade, pode levar a lutas desnecessárias e impedi-lo de seguir em frente.

Admitir que precisa de ajuda não é um sinal de fraqueza, mas um reconhecimento de sua própria humanidade.

Não há problema em entrar em contato. Todos nós precisamos de um pouco de ajuda às vezes, e isso é perfeitamente normal.

8) “Tudo é simplesmente perfeito”

Por último, a frase “Tudo está perfeito” costuma ser um sinal flagrante de negação.

A vida é cheia de altos e baixos, e afirmar que tudo está perfeito o tempo todo costuma ser uma forma de mascarar problemas subjacentes.

A coisa mais importante a lembrar aqui é que não há problema em não ser perfeito. A vida não é alcançar a perfeição, mas aprender, crescer e abraçar as imperfeições que nos tornam humanos.

Quando você ouvir “Tudo está perfeito”, lembre-se de que isso pode ser usado para esconder suas lutas.

E se você alguma vez disser isso, lembre-se, não há problema em admitir quando as coisas não são perfeitas. É assim que começamos a torná-los melhores.

Pensamentos finais

Reconhecer a negação em nós mesmos e nos outros é o primeiro passo para a compreensão e a resolução, e tudo começa com a consciência das frases que usamos.

Este artigo teve como objetivo esclarecer as frases comuns usadas por indivíduos em negação, mas a jornada não termina aqui.

Lembre-se de que paciência e empatia são fundamentais ao lidar com a negação. É um mecanismo de defesa, não uma falha pessoal.

E aceitar verdadeiramente a si mesmo e a realidade da situação significa ser perspicaz o suficiente para não julgar, mas para ter empatia e oferecer apoio quando necessário.

Um brinde a promover uma melhor compreensão, conversas mais saudáveis ​​e, em última análise, relacionamentos mais fortes!



Share. Facebook Twitter Pinterest LinkedIn Tumblr Email

Formado em Educação Física, apaixonado por tecnologia, decidi criar o site news space em 2022 para divulgar meu trabalho, tenho como objetivo fornecer informações relevantes e descomplicadas sobre diversos assuntos, incluindo jogos, tecnologia, esportes, educação e muito mais.