Há uma linha tênue entre manter alguém interessado e afastá-lo, especialmente quando se trata de homens.

A parte complicada é que muitas vezes nem percebemos que estamos cruzando essa linha. Achamos que estamos fazendo tudo certo, mas, na realidade, nossas ações podem estar enviando sinais errados.

No âmbito dos relacionamentos, toda ação tem uma reação. E às vezes, o que consideramos um hábito inofensivo pode causar mais danos do que benefícios.

Neste artigo, compartilharei com você 9 coisas que você pode não perceber que está fazendo e que podem estar afastando os homens.

Esses insights podem salvar seu relacionamento ou ajudá-lo a construir um relacionamento mais forte no futuro. Bu

Vamos começar.

1) Excesso de dependência

Todos valorizamos a nossa independência e os homens não são exceção.

Ter um parceiro que conta com seu apoio é uma coisa. Mas quando esse apoio se torna uma necessidade para cada pequena decisão, pode começar a parecer um fardo.

Os homens apreciam uma mulher que tem os seus próprios interesses, as suas próprias ambições e pode tomar decisões de forma independente. Não se trata de estar distante ou indisponível, mas de manter um equilíbrio saudável entre dependência e independência.

Inadvertidamente, seu excesso de confiança pode estar afastando-o. É essencial lembrar que vocês são duas pessoas que escolhem ficar juntas, e não duas metades que formam um todo.

Se você está buscando a aprovação ou conselho dele sobre cada pequena coisa, é hora de dar um passo atrás. Cultive seus próprios interesses, tome suas próprias decisões e deixe-o saber que, embora as opiniões dele sejam importantes, elas não são sua única força orientadora.

Não se trata de distanciar-se; trata-se de mostrar sua própria força e individualidade.

2) Não valorizando seus esforços

Ninguém gosta que seus esforços passem despercebidos, principalmente em um relacionamento.

Lembro-me de uma situação com meu próprio parceiro uma vez. Ele passou um fim de semana inteiro consertando um vazamento na cozinha. Foi um trabalho complicado e demorado, mas ele o fez sem reclamar.

Quando ele terminou, eu apenas disse “Obrigado” e continuei meu dia. Mais tarde, ele confessou que minha falta de apreço o magoou. Ele esperava que eu reconhecesse seu esforço com mais entusiasmo.

Foi aí que percebi que não se trata apenas de dizer “Obrigado”. Trata-se de reconhecer o esforço, o tempo e o pensamento investidos na ação.

Os homens, como qualquer outra pessoa, precisam se sentir valorizados. Se você sempre ignorar seus esforços ou considerá-los garantidos, isso poderá afastá-los.

Lembre-se de mostrar apreço genuíno pelas pequenas coisas que eles fazem – isso realmente pode fazer toda a diferença.

3) Negligenciar a necessidade de espaço

Em um relacionamento, passar bons momentos juntos é crucial. Mas também é ter espaço pessoal.

Embora muitas vezes ouçamos que as mulheres precisam do seu próprio espaço, o mesmo se aplica aos homens. De acordo com o psicólogo Dr. Robert Weiss, os homens também precisam de uma certa dose de solidão para se reenergizarem, processarem seus pensamentos e manterem um nível saudável de autoconsciência.

Se você está constantemente invadindo o espaço pessoal dele ou não permitindo que ele fique sozinho, isso pode fazer com que ele se sinta sufocado. Lembre-se de que precisar de espaço não significa que ele esteja desinteressado ou que não se importe com você. É apenas parte da manutenção de um equilíbrio saudável no relacionamento.

Se ele quiser passar uma noite assistindo esportes sozinho ou saindo com os amigos, não leve para o lado pessoal. Dar a ele o espaço que ele precisa pode realmente aproximar você no longo prazo.

4) Ser excessivamente crítico

A crítica construtiva é saudável em um relacionamento. Isso nos ajuda a crescer e melhorar. Mas há uma linha tênue entre ser prestativo e ser excessivamente crítico.

Se você constantemente critica suas falhas ou critica suas ações, isso pode ser extremamente prejudicial. Ninguém gosta de sentir que não é bom o suficiente, e receber críticas constantes pode levar a sentimentos de inadequação e ressentimento.

Busque o equilíbrio. Elogie seus pontos fortes e realizações e, quando precisar criticar, faça-o de forma construtiva. Concentre-se no problema em questão, em vez de atacar seu personagem.

Não se trata de mudar quem ele é, mas de ajudar uns aos outros a se tornarem versões melhores de si mesmos.

5) Ignorando seus sentimentos

Um equívoco comum é que os homens não têm emoções tão profundas quanto as mulheres ou não são tão afetados por questões emocionais. Isso não poderia estar mais longe da verdade.

Os homens podem expressar os seus sentimentos de forma diferente, mas isso não significa que os seus sentimentos sejam menos válidos ou intensos. Ignorar seus sentimentos ou considerá-los sem importância pode fazer com que se sintam isolados e incompreendidos no relacionamento.

Quando ele falar sobre seus sentimentos, ouça com atenção. Mostre empatia e valide suas emoções. Deixe-o saber que os sentimentos dele são importantes para você.

Ao reconhecer as emoções dele e demonstrar compreensão, você cria um espaço seguro para ele se expressar, fortalecendo o seu relacionamento no processo.

6) Não apoiar suas paixões

Todos nós temos coisas pelas quais somos apaixonados – hobbies, interesses, sonhos. É isso que nos torna quem somos.

Em um relacionamento, é importante apoiar as paixões do seu parceiro, mesmo que elas não estejam alinhadas com as suas. Não se trata apenas de tolerar os seus interesses; trata-se de incentivá-los e apoiá-los ativamente.

Quando você descarta ou menospreza o que ele ama, pode parecer uma rejeição pessoal. Não se trata apenas de hobby ou interesse; é sobre ele e uma parte de sua identidade.

Mesmo que você não seja fã de sua banda favorita ou não entenda o apelo de seus passeios de bicicleta nos finais de semana, seja seu líder de torcida. Mostre interesse em suas paixões e incentive-o a persegui-las.

Você se apaixonou por ele por quem ele é. E suas paixões fazem parte disso. Quando você apoia o que ele ama, você o está apoiando.

7) Evitar conversas difíceis

A vida é cheia de altos e baixos e os relacionamentos não são diferentes. Nem sempre haverá sol e arco-íris. Haverá conversas difíceis que precisarão ser realizadas.

Lembro-me de uma época em que tive medo de abordar um assunto específico com meu parceiro. Achei que isso levaria a uma discussão, então continuei adiando. Eventualmente, o problema cresceu e se transformou em um problema muito maior do que era inicialmente.

Evitar conversas difíceis não resolve o problema; em vez disso, permite que o problema cresça. É importante comunicar-se abertamente sobre as coisas que o incomodam ou os problemas que precisam ser resolvidos.

Claro, essas discussões podem ser desconfortáveis, mas são necessárias para o crescimento e a saúde do seu relacionamento.

Enfrente os problemas de frente, com honestidade e respeito. Pode ser difícil no momento, mas é melhor no longo prazo.

8) Fazendo suposições

As suposições podem ser prejudiciais em qualquer relacionamento. Eles criam uma lacuna entre a realidade e a percepção, causando mal-entendidos e conflitos desnecessários.

Se você descobrir que está sempre presumindo o que ele está pensando ou sentindo, ou quais são suas intenções, você pode estar afastando-o. Ninguém gosta de se sentir incompreendido ou mal julgado.

Em vez de presumir, pergunte. A comunicação aberta é fundamental em qualquer relacionamento. Sempre dê a ele a chance de se expressar e explicar seu lado antes de tirar conclusões precipitadas.

As suposições raramente são precisas. Ao eliminá-los do seu relacionamento, você promoverá uma melhor compreensão e uma comunicação mais forte.

9) Não demonstrar amor e carinho suficientes

No final das contas, todos nós queremos nos sentir amados e queridos.

Embora os homens nem sempre vocalizem sua necessidade de afeto, isso não significa que não o desejem. Demonstrações regulares de amor e carinho ajudam a reforçar seu vínculo e a lembrá-lo de seus sentimentos por ele.

Isso nem sempre precisa ser um grande gesto. Um simples “eu te amo”, um elogio sincero, um abraço caloroso ou até mesmo segurar a mão dele pode ajudar muito a fazê-lo se sentir amado e seguro em seu relacionamento.

Nunca subestime o poder do amor e do carinho genuínos para manter um homem por perto.

Pensamentos finais

A dança entre duas pessoas em um relacionamento é delicada e complexa. As pequenas ações que realizamos, as palavras que dizemos, mesmo as que não dizemos, todas contribuem para a harmonia ou discórdia dos nossos relacionamentos.

Compreender e reconhecer as coisas que podem estar afastando os homens é o primeiro passo para promover um relacionamento mais saudável e gratificante.

Lembre-se, cada homem é único. O que afasta um homem pode não afetar outro. A chave é comunicar abertamente, respeitar a individualidade de cada um e fazer esforços conscientes para compreender e satisfazer as necessidades de cada um.

Como disse certa vez o psicólogo Carl Rogers: “O maior presente que podemos oferecer a alguém é o nosso eu autêntico”. No final das contas, ser genuíno, compassivo e compreensivo pode ajudar muito em qualquer relacionamento.

Portanto, reflita sobre esses pontos, veja se algum deles repercute em você e em seu relacionamento e lembre-se: nunca é tarde para fazer mudanças positivas.

Perdeu seu senso de propósito?

Nesta era de sobrecarga de informação e pressão para satisfazer as expectativas dos outros, muitos lutam para se conectarem com o seu propósito e valores fundamentais. É fácil perder a bússola interior.

Jeanette Brown criou este PDF gratuito de descoberta de valores para ajudar a esclarecer suas motivações e crenças mais profundas. Como experiente coach de vida e professora de autoaperfeiçoamento, Jeanette orienta as pessoas em grandes transições, realinhando-as com seus princípios.

Seus exercícios de valores exclusivamente perspicazes iluminarão o que o inspira, o que você representa e como pretende operar. Isso serve como um filtro refrescante para desligar o ruído social, para que você possa fazer escolhas baseadas no que é mais importante para você.

Com seus valores claramente ancorados, você ganhará direção, motivação e bússola para tomar decisões a partir do seu melhor – em vez de emoções passageiras ou influências externas.

Pare de vagar sem propósito. Redescubra o que faz você ganhar vida com o guia de clareza de valores de Jeanette Brown.

Você gostou do meu artigo? Curta-me no Facebook para ver mais artigos como este em seu feed.



Share. Facebook Twitter Pinterest LinkedIn Tumblr Email

Formado em Educação Física, apaixonado por tecnologia, decidi criar o site news space em 2022 para divulgar meu trabalho, tenho como objetivo fornecer informações relevantes e descomplicadas sobre diversos assuntos, incluindo jogos, tecnologia, esportes, educação e muito mais.