Auren

A geradora renovável Auren (AURE3) fechou o quarto trimestre de 2023 com um lucro líquido de R$ 107,6 milhões, 95,6% abaixo do registrado um ano antes, segundo balanço divulgado nesta quarta-feira (7).

A queda na última linha do balanço reflete o impacto, no resultado financeiro do período, da atualização monetária da indenização recebida pela Auren por ativos da usina hidrelétrica Três Irmãos.

Já o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da elétrica controlada por Votorantim e CPP Investments somou R$ 508,1 milhões no último trimestre de 2023, recuo de 4,8% na base anual.

No consolidado de 2023, a Auren viu crescimentos de 7,4% na receita líquida (R$ 6,2 bilhões) e de 9,7% do Ebitda ajustado (R$ 1,8 bilhão), puxado por melhores resultados na comercialização de energia elétrica e pela entrada em operação de novos parques eólicos.

No ano de 2023, a companhia teve prejuízo líquido de R$ 317,7 milhões, pela contabilização de despesas com os impostos sobre o ganho com a indenização de Três Irmãos, contabilizada no balanço no fim de 2022.

Em relatório que acompanha o balanço, os executivos da Auren destacaram o avanço da companhia no setor de geração de energia, com o início das operações de uma usina solar no Piauí, em projeto que opera de forma associada a uma usina eólica do grupo, compartilhando a mesma infraestrutura de transmissão.

A administração também disse que a geradora está em “posição financeira confortável”, com alavancagem financeira de 1,8 vez a dívida líquida sobre Ebitda, para continuar avaliando “novas oportunidades de investimento”, em linha com a estratégia de crescimento em geração e comercialização de energia.

Dividendos

O Conselho de Administração da companhia ainda aprovou o pagamento de dividendos no montante de R$ 400 milhões, com base em parte da reserva de lucros da companhia.

Os dividendos serão atribuídos aos acionistas da companhia de acordo com as posições acionárias existentes no pregão de 1 de março de 2024 (data base). Assim, as ações da Auren serão negociadas ex-dividendos a partir do dia 4 de março de 2024.

Os dividendos serão pagos em moeda corrente nacional, em parcela única, em 14 de março de 2024.

(com Reuters)

The post Auren (AURE3) lucra R$ 107,6 milhões no 4º tri, queda de 96%; pagará R$ 400 mi em dividendos appeared first on InfoMoney.

Share. Facebook Twitter Pinterest LinkedIn Tumblr Email

Formado em Educação Física, apaixonado por tecnologia, decidi criar o site news space em 2022 para divulgar meu trabalho, tenho como objetivo fornecer informações relevantes e descomplicadas sobre diversos assuntos, incluindo jogos, tecnologia, esportes, educação e muito mais.