Chips Core Ultra para notebooks de alto desempenho (imagem: divulgação/Intel)
Chips Core Ultra para notebooks de alto desempenho (imagem: divulgação/Intel)

A Intel aproveitou o MWC 2024 para confirmar a sua gama de processadores Core Ultra voltados a notebooks de alto desempenho. A linha foi introduzida no final de 2023, mas somente agora, no primeiro trimestre de 2024, é que está recebendo suporte ao vPro. O destaque é o Core Ultra 9 185H com seus 16 núcleos.

Em comum, todos os chips Core Ultra trazem núcleos de alto desempenho (P) e núcleos de eficiência energética (E), além de suporte a memórias DDR5 e LPDDR5/x. Outra característica notável desses processadores é o foco em inteligência artificial. A Intel sinaliza que este é o início da era do “PC com IA”.

Chips Intel Core Ultra têm processamento neural

Os processadores Core Ultra são baseados na arquitetura Meteor Lake que, por sua vez, segue o processo de fabricação batizado como Intel 4. Isso significa que esses chips são produzidos com tecnologia de 7 nanômetros e, entre vários outros avanços, trazem uma unidade de processamento neural (NPU).

Esse componente já existe em chips da Qualcomm e da Apple, por exemplo, mas são inéditos no ecossistema da Intel para PCs. Eles são responsáveis por acelerar tarefas de inteligência artificial, basicamente.

Não por acaso, a Intel enfatiza que os novos processadores Core Ultra são compatíveis com a tecnologia de inteligência artificial Microsoft Copilot, cada vez mais integrada ao Windows 11.

Os chips também podem otimizar a execução de recursos de IA presentes em softwares ou serviços de empresas como Adobe, Webex (da Cisco) e Zoom. Entre os recursos que podem ser otimizados com a NPU dos novos Core Ultra estão:

  • rastreamento ocular em chamadas de vídeo;
  • supressão de ruídos em imagens;
  • geração de legendas em tempo real;
  • transcrição de áudio;
  • detecção de ransomwares;
  • renderização de vídeo.
Chip Core Ultra (imagem: divulgação/Intel)
Chip Core Ultra (imagem: divulgação/Intel)

Especificações dos processadores Intel Core Ultra

A NPU (Intel AI Boost) está presente em todos os chips Core Ultra desta leva. Como esses modelos são voltados a notebooks de alto desempenho, eles também são generosos nas demais especificações.

O mais potente entre eles é o Core Ultra 9 185H, que tem 16 núcleos de CPU, oito núcleos de GPU e TDP entre 45 e 115 W.

LascaNúcleosTópicosMáx. Turbinado (GHz)Cache (MB)Consumo (W)GráficosvPro
Núcleo Ultra 9 185H6 (V) / 8 (E)225,1 (P) / 3,8 (E)2445-115Arco 2,35 GHz, 8 núcleos XeEmpreendimento
Núcleo Ultra 7 165H6 (V) / 8 (E)225 (P) / 3,8 (E)2428-64/115Arco 2,3 GHz, 8 núcleos XeEmpreendimento
Núcleo Ultra 7 155H6 (V) / 8 (E)184,8 (P) / 3,8 (E)2428-64/115Arco 2,25 GHz, 8 núcleos XeEssenciais
Núcleo Ultra 5 135H4 (V) / 8 (E)184,6 (P) / 3,6 (E)1828-64/115Arco 2,2 GHz, 7 núcleos XeEmpreendimento
Núcleo Ultra 5 125H4 (V) / 8 (E)184,5 (P) / 3,6 (E)1828-64/115Arco 2,2 GHz, 7 núcleos XeEssenciais
Linha Intel Core Ultra H

A Intel também anunciou chips Core Ultra 7 e 5 da série “U”, todos com 12 núcleos e 14 threads. Um detalhe interessante é que, nos núcleos de eficiência, dois têm baixíssimo consumo de energia (LP).

Em linhas gerais, a série “U” é menos potente em relação à série H, mas proporciona desempenho suficiente para aplicações exigentes ao mesmo tempo que demanda menos energia.

LascaNúcleosTópicosMáx. Turbinado (GHz)Cache (MB)Consumo (W)Gráficos
Núcleo Ultra7 165U2 (P) / 8 (E) / 2 (LP)144,9 (P) / 3,8 (E)1215-57Gráficos Intel 2 GHz, 4 núcleos XeEmpreendimento
Núcleo Ultra7 155U2 (P) / 8 (E) / 2 (LP)144,8 (P) / 3,8 (E)1215-57Gráficos Intel 1,95 GHz, 4 núcleos XeEssenciais
Núcleo Ultra 5 135U2 (P) / 8 (E) / 2 (LP)144,4 (P) / 3,6 (E)1215-57Gráficos Intel 1,9 GHz, 4 núcleos XeEmpreendimento
Núcleo Ultra 5 125U2 (P) / 8 (E) / 2 (LP)144,3 (P) / 3,6 (E)1215-57Gráficos Intel 1,85 GHz, 4 núcleos XeEssenciais
Núcleo Ultra7 164U2 (P) / 8 (E) / 2 (LP)144,8 (P) / 3,8 (E)129-30Gráficos Intel 1,8 GHz, 4 núcleos XeEmpreendimento
Núcleo Ultra 5 134U2 (P) / 8 (E) / 2 (LP)144,4 (P) / 3,6 (E)129-30Gráficos Intel 1,75 GHz, 4 núcleos XeEmpreendimento
Linha Intel Core Ultra U

Saiba também

  • Todos os novos processadores fazem parte da plataforma Intel vPro, portanto, são adequados a aplicações corporativas. No entanto, a versão vPro Enterprise oferece mais recursos do que a versão Essentials, sendo indicada para organizações maiores ou com operações mais complexas;
  • Esses chips foram anunciados em dezembro de 2023, mas, no MWC 2024, receberam confirmação oficial de suporte a vPro;
  • O vPro também foi confirmado para chips Intel Core de 14ª geração para desktops;
  • Outras tecnologias suportadas pelos modelos Core Ultra incluem Wi-Fi 7, Bluetooth LE Audio e Thunderbolt 4;
  • Todos são compatíveis com memórias DDR5-5600 e LPDDR5/x-7467, exceto os modelos Core Ultra 7 164U e Core Ultra 5 134U, que suportam, no máximo, memórias LPDDR5/x-6400;
  • A Intel afirma que a nova linha é até 47% mais rápida em softwares de produtividade do que PCs de alto desempenho lançados há três anos com processadores como o Core i7-1185G7;
  • Na comparação do Core Ultra 7 165H com o AMD Ryzen 7 7840U, a Intel afirma que seu chip tem até 27% mais desempenho em produtividade;
  • Acer, Asus, Dell, Lenovo, LG e Samsung estão entre as marcas que já anunciaram ou preparam notebooks e workstations com os novos processadores.

Com Core Ultra para notebooks, Intel quer iniciar era do “PC com IA”

Share. Facebook Twitter Pinterest LinkedIn Tumblr Email

Formado em Educação Física, apaixonado por tecnologia, decidi criar o site news space em 2022 para divulgar meu trabalho, tenho como objetivo fornecer informações relevantes e descomplicadas sobre diversos assuntos, incluindo jogos, tecnologia, esportes, educação e muito mais.