O anual Relatório Mundial de Felicidade acabou: a Finlândia é o país mais feliz do mundo. A notícia não foi propriamente surpreendente, tendo em conta que a Finlândia manteve a posição durante os últimos seis anos.

A Dinamarca ficou em segundo lugar, seguida pela Islândia. Suécia, Israel, Holanda e Noruega, Luxemburgo, Suíça e Austrália completam os dez países mais felizes.

Na maior parte, os dez países mais felizes geralmente permanecem os mesmos, mas neste ano os Estados Unidos saíram do top 20 pela primeira vez. Anteriormente na 15ª posição, caiu drasticamente para a 23ª posição. O Reino Unido terminou na 20ª posição geral.

Para calcular o Relatório Mundial da Felicidade, os pesquisadores confiam fortemente na Gallup World Poll. Pede-se a 100.000 pessoas em 130 países que avaliem a qualidade das suas vidas numa escala de zero a dez, sendo zero a pior e dez representando a melhor vida possível. Os indivíduos são entrevistados anualmente ao longo de três anos.

Outros dados, como o PIB per capita e a esperança de vida, também são tidos em conta. Os investigadores consideram adicionalmente o nível de liberdade individual concedido em cada país e se os seus governos são considerados corruptos.

Nenhum país está perfeitamente satisfeito – mesmo em primeiro lugar, a pontuação da Finlândia foi de 7.804. A Dinamarca ficou logo atrás com 7.586.

O Relatório Mundial da Felicidade é publicado pelo Centro de Pesquisa de Bem-Estar da Universidade de Oxford e produzido em parceria com a Wellbeing e a Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Share. Facebook Twitter Pinterest LinkedIn Tumblr Email

Formado em Educação Física, apaixonado por tecnologia, decidi criar o site news space em 2022 para divulgar meu trabalho, tenho como objetivo fornecer informações relevantes e descomplicadas sobre diversos assuntos, incluindo jogos, tecnologia, esportes, educação e muito mais.