Quase um mês atrás, o álbum colaborativo “We Don’t Trust You” de Future e Metro Boomin estreou em primeiro lugar na Billboard 200 e estimulou um vaivém voraz entre gigantes do hip-hop – Kendrick Lamar, J. Cole e Drake – que cresceu e envolveu inúmeras outras figuras públicas. O álbum foi a primeira parte de um lançamento duplo que continuou com o lançamento de “We Still Don’t Trust You” em 12 de abril.

Esta semana, o esforço de 25 músicas se torna o segundo projeto da dupla a atingir o primeiro lugar em menos de um mês. Ele estreou com 127.500 unidades de álbuns conquistadas (162,57 milhões de streams), segundo dados da Luminate. Seu precursor entrou no ringue com 251 mil unidades na primeira semana.

“We Still Don’t Trust You” apresenta Weeknd, Brownstone, Ty Dolla $ign, Lil Baby, A$AP Rocky e, surpreendentemente, J. Cole. Cole foi um participante ativo em um conflito que atingiu seu ponto de ebulição após a participação de Lamar em “Like That”, o primeiro single do primeiro álbum de Future e Metro. J. Cole mais tarde lançou – e retirou – sua própria faixa dissimulada. Desde então, Drake fez o mesmo, lançando uma música chamada “Pushups” e outro single assistido por IA chamado “Taylor Made Freestyle”, que usa vocais de IA de Tupac Shakur e Snoop Dogg, e faz referência ao enorme “The Tortured Poets Department” de Taylor Swift. álbum. (O álbum de Swift terá impacto nas paradas nas próximas semanas.)

Enquanto isso, “Like That” continua no topo da Billboard Hot 100, ocupando a segunda posição esta semana, enquanto seu LP pai ocupa a terceira posição na Billboard 200.

Fora do rap, Hozier lidera o Hot 100 pela primeira vez em sua carreira com “Too Sweet”, três semanas depois que a música estreou na 5ª posição. Ela atraiu quase 36 milhões de streams e 14 milhões de impressões de audiência em rádios.

Hozier permaneceu praticamente ausente do Hot 100 após a segunda colocação de seu grande sucesso “Take Me to Church” em 2014. De acordo com Painel publicitárioHozier teve a espera mais longa entre os 10 primeiros desde que os Beatles retornaram ao Hot 100 depois de quase 28 anos com “Now and Then” em novembro passado.

Sabrina Carpenter faz sua primeira aparição no Top 10 da parada de músicas depois de fazer sua estreia no palco principal do Coachella nos dois últimos finais de semana. O doce single “Espresso” de Carpenter é sua música de maior desempenho até agora, na 7ª posição, com 9,8 milhões de streams e 5 milhões de impressões de audiência no airplay.

De volta à Billboard 200, a coletânea de maiores sucessos do Linkin Park, “Papercuts”, entra na sexta posição, com 44 mil unidades vendidas e 20.500 álbuns vendidos. “Cowboy Carter” de Beyoncé passa para o segundo lugar com 98.000 unidades de álbuns equivalentes depois de passar as primeiras duas semanas no topo. O antigo número 1 de Morgan Wallen, “One Thing at a Time”, está em quarto lugar; “Stick Season” de Noah Kahan está em 5º lugar, após o lançamento do disco em variantes exclusivas de vinil e CD; “Fireworks & Rollerblades” de Benson Boone está em 7º lugar; e “SOS”, vencedor do Grammy de SZA, sobe para a 8ª posição. “Dangerous: The Double Album” de Wallen entra novamente no Top 10 na 8ª posição e “Eternal Sunshine” de Ariana Grande completa o topo na 10ª posição.

Share. Facebook Twitter Pinterest LinkedIn Tumblr Email

Formado em Educação Física, apaixonado por tecnologia, decidi criar o site news space em 2022 para divulgar meu trabalho, tenho como objetivo fornecer informações relevantes e descomplicadas sobre diversos assuntos, incluindo jogos, tecnologia, esportes, educação e muito mais.