Nem todo mundo fica mais elegante à medida que envelhece:

Na verdade, alguns homens se tornam o “vovô sujo” ou o capanga local que bebe muito.

Outros companheiros envelhecem como um bom vinho, tornando-se o tipo de homem gentil de meia-idade e de idade mais avançada, por quem os outros são atraídos para amizades, relacionamentos, colaboração comercial e interações agradáveis.

O que faz a diferença entre esses dois caminhos da masculinidade madura?

Então, quais características definem o tipo de homem que envelhece graciosamente e se torna mais sofisticado à medida que a idade avança?

Vamos dar uma olhada!

1) Aprendendo e expandindo sua mente

Caras refinados continuam aprendendo à medida que envelhecem.

Não importa o seu nível de inteligência fluida ou inteligência cristalizada, eles continuam aprendendo novas informações e descobrindo novos fatos.

Através de viagens, educação continuada, amizades, colaboração, leitura e todos os outros meios, eles continuam a se tornar indivíduos conhecedores e informados.

Como Universidade Johnson & Wales notas:

“A aprendizagem ao longo da vida pode ajudar no seu desenvolvimento profissional e pessoal, capacitando-o a explorar e descobrir novos insights sobre si mesmo.”

2) Vestir-se com elegância e cultivar um estilo único

Homens que envelhecem como um bom vinho são conhecedores de estilo.

Eles se vestem com elegância, ou pelo menos fiéis à sua autoimagem e ao que desejam transmitir ao mundo. Eles também se vestem de uma maneira que seja confortável para eles e que os deixe se sentirem o mais à vontade possível.

Eles têm um talento especial para se misturar às situações e se vestir de maneira adequada e elegante para a ocasião, além de bem arrumados e com higiene impecável.

Tudo isso faz uma grande diferença, principalmente à medida que envelhecemos!

“Vista-se adequadamente para a ocasião e local, levando em consideração o código de vestimenta e as normas culturais. Se você não tiver certeza do código de vestimenta, lembre-se de que é sempre melhor estar um pouco mais vestido do que mal vestido”, notas a Escola Britânica de Etiqueta.

“Cuide da sua higiene pessoal, incluindo tomar banho regularmente, escovar os dentes e usar roupas limpas.”

3) Falar eloquentemente com clareza e confiança

Os homens que se tornam mais sofisticados com a idade aprendem a falar com eloquência e clareza.

Eles enunciam suas palavras, falam em um volume audível (mas não estrondoso) e aprendem um amplo vocabulário para trabalhar no que dizem.

Eles também se tornam excelentes contadores de histórias, aprendendo a entrelaçar anedotas e contos de sua vida em suas interações e envolvimentos diários com outras pessoas.

Quando se trata de maneiras específicas de se tornar um orador mais eloqüente, essas dicas de Joseph Tsar são muito esclarecedoras.

4) Aprofundando-se nas artes e na literatura

Caras que envelhecem com classe tendem a se aprofundar na arte e na literatura e encontrar seu nicho.

Qualquer que seja o tipo de arte, escrita e meios criativos de que gostem, eles encontram uma centelha de paixão e a seguem em termos de desenvolvimento de uma sensibilidade artística.

Essa conexão com a beleza permite que cresçam em autoconsciência e também fornece um meio rico para se conectarem com outros tipos artísticos e criativos.

Mesmo o homem mais racional ganha muito ao encontrar seu lado artístico e imaginativo e explorá-lo um pouco à medida que avança na idade.

5) Refinando seus modos e etiqueta em situações sociais

Homens com boas maneiras tornam-se mais refinados à medida que envelhecem. Eles fazem o possível para superar a etiqueta em todas as situações e ter maneiras que os outros notem.

Eles entendem que não se trata apenas de parecer de uma determinada maneira, mas de realmente ser dessa maneira.

Isto se resume a respeitar e garantir um nível total de compromisso e presença em qualquer situação em que se encontrem.

A Escola Britânica de Etiqueta tem alguns ótimo conselho nisto:

“A etiqueta é importante porque estabelece um conjunto de normas e expectativas sociais que ajudam os indivíduos a interagir uns com os outros de maneira respeitosa, atenciosa e apropriada…

Isso inclui usar os utensílios de maneira adequada, manter os cotovelos afastados da mesa e mastigar com a boca fechada. Além disso, espere até que todos estejam servidos antes de começar a comer.”

6) Demonstrar graça sob pressão e calma diante do perigo

Há algo a ser dito sobre coragem sob fogo e graça sob pressão.

Homens que mantêm a atitude idealmente masculina de calma sob pressão tendem a envelhecer com muito mais elegância.

Eles se tornam pais, avós, professores, membros da comunidade ou amigos respeitados por aqueles que os rodeiam.

Eles ajudam outras pessoas em suas lutas e fazem o melhor para estar ao lado daqueles de quem gostam quando as tempestades da vida os atingem com força. Eles se tornam a rocha de alguém.

7) Compreender a diferença entre confiança e arrogância

Os homens que se tornam mais refinados à medida que envelhecem têm uma firme compreensão da diferença entre confiança e arrogância.

Embora às vezes os dois possam ser confundidos, eles não poderiam ser mais diferentes.

Enquanto a arrogância e a arrogância são agressivas, diretas e abrasivas, a confiança é suave, calma e discreta.

A confiança tem tudo a ver com competência e segurança interior, enquanto a arrogância tem a ver com exibir-se e tentar encobrir a insegurança e a dúvida.

“A confiança emerge de uma crença genuína em si mesmo, levando à autoconfiança positiva, à abertura à colaboração e à empatia pelos outros”, aponta a Associação Nacional de MBA Negro.

“A arrogância, no entanto, decorre da insegurança, resultando num sentimento inflado de auto-importância, comportamento desdenhoso e falta de empatia.”

8) Melhorar a inteligência emocional e a maturidade

Os homens que se tornam mais sofisticados com a idade fazem um esforço aplicado para se tornarem mais autoconscientes e aumentarem o seu QE (inteligência emocional).

Eles conversam com aqueles que lhes são próximos e refletem sobre a sua educação e as forças, ideias e normas que os moldaram.

Eles se envolvem no pensamento crítico para escolher quem se tornarão, em vez de deixar que engenheiros sociais e formadores de opinião escolham por eles.

Em suma, eles moldam conscientemente o seu próprio destino e optam por se tornar um indivíduo maduro e autossuficiente, em vez de navegar no piloto automático e deslizar para a velhice de forma descuidada.

9) Liderar com honestidade e integridade em vez de agressividade

Homens que se tornam mais refinados à medida que envelhecem aprendem a liderar com graça.

Se estiverem trabalhando, tornam-se o tipo de chefe que os outros realmente admiram. Eles aprendem a ser uma pessoa que lidera pelo exemplo e não pelo título.

São o mais honestos possível e dão o exemplo que gostariam que os outros seguissem, conquistando a confiança dos colaboradores e, na vida pessoal, conquistando a confiança e o carinho das pessoas próximas.

“Como líder, é crucial demonstrar integridade no local de trabalho,” notas Lourenço Flores.

“Isso significa ser honesto, transparente e responsável por suas ações. Líderes que lideram com Integridade ganham a confiança de sua equipe, criando um ambiente de trabalho positivo onde todos se sentem valorizados.”



Share. Facebook Twitter Pinterest LinkedIn Tumblr Email

Formado em Educação Física, apaixonado por tecnologia, decidi criar o site news space em 2022 para divulgar meu trabalho, tenho como objetivo fornecer informações relevantes e descomplicadas sobre diversos assuntos, incluindo jogos, tecnologia, esportes, educação e muito mais.