Forte explosão solar, maio de 2024

O Solar Dynamics Observatory da NASA capturou esta imagem de uma explosão solar – como visto no flash brilhante no canto inferior direito – em 9 de maio de 2024. A imagem composta combina três comprimentos de onda de luz ultravioleta extrema que destacam o material extremamente quente nas explosões e que é colorido em verde, azul e vermelho. Crédito: NASA/SDO

Em 9 de maio de 2024, NASAO Solar Dynamics Observatory detectou uma explosão solar significativa que atingiu o pico às 13h44 horário do leste dos EUA. Este observatório dedica-se à monitorização contínua do Sol e capturou com sucesso uma imagem deste evento. Isto segue o lançamento de explosões solares de classe X em 7 e 8 de maio.

Este sinalizador é classificado como sinalizador X1.1. A classe X denota as explosões mais intensas, enquanto o número fornece mais informações sobre sua força.

Erupções solares

As explosões solares são explosões intensas de radiação que emanam da liberação de energia magnética associada às manchas solares. Essas explosões são uma das formas mais poderosas de atividade solar e são compostas principalmente de fótons, que vão desde ondas de rádio até raios gama. Eles ocorrem na atmosfera do Sol, iluminando-se como áreas brilhantes do Sol que podem durar de minutos a horas.

A classificação das explosões solares é baseada no seu brilho nos comprimentos de onda dos raios X. As classes são rotuladas como A, B, C, M e X, sendo A a mais fraca e X a mais forte. Cada aula tem um aumento de dez vezes na produção de energia em comparação com a anterior. Dentro de cada classe, existe uma escala mais precisa de 1 a 9 que quantifica com mais precisão a força do flare. Por exemplo, um sinalizador X1 é dez vezes mais poderoso que um sinalizador M1, mas é consideravelmente mais fraco que um sinalizador X9. Este sistema ajuda os cientistas e as autoridades relevantes a avaliar os potenciais impactos na Terra, tais como perturbações nos sistemas de comunicação e navegação, e a preparar respostas adequadas.

Observatório de Dinâmica Solar da NASA orbitando a Terra

Imagem conceitual artística do satélite SDO orbitando a Terra. Crédito: NASA

Observatório de Dinâmica Solar da NASA

O Solar Dynamics Observatory (SDO) da NASA é uma missão lançada em fevereiro de 2010 como parte do programa Living With a Star (LWS). O objetivo principal do SDO é compreender a influência do Sol na Terra e no espaço próximo à Terra, estudando a atmosfera solar em pequenas escalas de espaço e tempo e em muitos comprimentos de onda simultaneamente. O SDO tem sido fundamental no fornecimento de dados detalhados sobre a atividade do Sol e seus componentes, como erupções solares, ejeções de massa coronal (CMEs) e campos magnéticos.

Equipado com um conjunto de instrumentos, o SDO captura imagens de alta resolução do Sol em 13 comprimentos de onda diferentes a cada poucos segundos. Isso inclui a captura de imagens nos espectros ultravioleta, ultravioleta extremo e luz visível, que ajudam na observação da atmosfera solar com detalhes incríveis. Os dados do SDO são cruciais para a compreensão das variações solares que influenciam a vida na Terra e os sistemas tecnológicos no espaço. O observatório ajuda os cientistas a obter insights sobre a complexa dinâmica solar e apoia os esforços para prever o clima solar com maior precisão. precisão.



Share. Facebook Twitter Pinterest LinkedIn Tumblr Email

Formado em Educação Física, apaixonado por tecnologia, decidi criar o site news space em 2022 para divulgar meu trabalho, tenho como objetivo fornecer informações relevantes e descomplicadas sobre diversos assuntos, incluindo jogos, tecnologia, esportes, educação e muito mais.