“Envelhecer é um processo extraordinário pelo qual você se torna a pessoa que sempre deveria ter sido.”

David Bowie

A sabedoria é fácil de reconhecer, mas não de definir. A maioria de nós sabe disso quando o vemos, mas como devemos descrever o processo de nos tornarmos mais sábios, especialmente no que se refere à aquisição de sabedoria à medida que envelhecemos?

As pessoas realmente se tornam mais sábias à medida que envelhecem ou a sabedoria independe da idade?

Trabalhei como enfermeira geriátrica por décadas. Na minha experiência, os mais velhos podem oferecer-nos um tesouro de conselhos práticos e filosóficos úteis – isto é, se formos astutos o suficiente para aceitá-los.

Algumas das melhores palavras de sabedoria que já recebi foram quando era auxiliar de enfermagem aos 17 anos. Serei eternamente grato aos meus pacientes por sua orientação e aliviado por ter tido bom senso suficiente para ouvir suas palavras quando era adolescente.

Dizem que a experiência é o maior professor de todos e, à medida que envelheço, descubro que isso soa verdadeiro na maioria das vezes. Se você prestar atenção durante a vida, quase não poderá deixar de aprender uma ou duas coisas.

Tendo isso em mente, aqui estão algumas razões que demonstram por que as pessoas mais velhas tendem a ficar mais sábias com a idade.

1) Eles dominaram a paciência

Paciência é mais do que apenas ser capaz de esperar em espera por uma hora. Ser uma pessoa paciente é manter a calma sob circunstâncias difíceis e manter a positividade enquanto espera.

No final das contas, cultivar essa habilidade é uma vantagem para você. Não vale a pena perturbar a sua paz por assuntos triviais ou pequenos inconvenientes.

As pessoas mais velhas sabem com certeza que algumas coisas não podem ser apressadas e não permitem impaciência para afetar negativamente seu progresso.

2) Eles se comportam com equilíbrio

Pessoas sábias não são reativas e não permitem que situações estressantes ditem suas ações ou sentimentos. As pessoas que alcançaram a sabedoria permanecem serenas, pois entendem que o pensamento claro é crucial para avaliar e superar desafios.

Por exemplo, se uma pessoa sábia enfrenta problemas de saúde, pesquisa a sua condição e explora as suas opções, em vez de permitir que o medo a debilite.

Sei que envelhecer me ensinou que agir é preferível a tremer de terror.

3) Eles aceitam mudanças

Todos nós gostamos de nossas rotinas e de nossas zonas de conforto. À medida que envelhecemos, esta preferência pela previsibilidade pode tornar-se rígida e auto-sabotadora.

Eu via isso o tempo todo trabalhando em instituições geriátricas de longa permanência. Eles queriam o lanche da noite assim que a segunda “Roda da Fortuna” começasse, e nem um minuto depois.

Muitas pessoas resistem a qualquer aparência de mudança porque temem o desconhecido ou querem manter o seu status quo.

Esses sentimentos são compreensíveis em qualquer idade, mas as pessoas maduras encaram isso de maneira bem diferente. Eles viveram o suficiente para saber que a mudança é inevitável e necessária.

Sem mudança, como podemos esperar avançar e crescer como indivíduos?

Não podemos, e é por isso que a adaptabilidade é tão importante. Seguir o fluxo é indicativo de sabedoria.

4) Eles se envolvem em uma escuta ativa

Começar um bom ouvinte não significa apenas ouvir suas palavras. Alguém que pratica a escuta ativa também presta atenção às emoções que contribuem para o tom e orientam essas palavras.

Ouvintes ativos garantem que sua voz seja ouvida e respeitada.

É muito difícil encontrar um bom ouvinte que não se sinta obrigado a direcionar a discussão para si mesmo.

Se você encontrar um, certifique-se de retribuir o favor por ele.

E não se convença de que eles estão entediados em ouvir você. Alguém com boas habilidades de escuta deseja ouvir sua história para poder conhecê-lo melhor.

5) Eles retêm julgamento

Almas sábias não julgam, o que significa que eles não são rápidos em colocar um rótulo em você. Eles preferem tentar compreender o significado mais profundo por trás do comportamento das pessoas.

Portanto, se alguém cometer um erro, uma pessoa sábia não começará imediatamente a jogar o jogo da culpa. Em vez disso, avaliarão cuidadosamente as circunstâncias, sabendo que todos passam por dias ruins ou enfrentam obstáculos inesperados.

Se alguém expressa uma opinião diferente (mesmo que seja um pouco agressiva), um indivíduo maduro não acredita que esteja equivocado ou incorreto.

O que eles farão é se envolver respeitosamente em uma conversa civilizada. Eles esperam aprender quais valores e experiências moldaram as perspectivas de seus companheiros para fazê-los pensar como pensam.

Uma pessoa sábia está mais interessada em entendendo sua perspectiva do que ganhar um debate com você.

6) Eles sabem priorizar

A vida pode nos lançar bolas curvas e nos levar por caminhos incompletos que não faziam parte de nossos planos de vida.

É fácil ficar atolado até mesmo por pequenos contratempos e ficar sobrecarregado. Sentir esse tipo de pressão pode fazer com que suas preocupações fiquem fora de proporção.

Uma pessoa que alcançou sabedoria ao longo dos anos sabe que catastrofizando uma situação é contraproducente.

Eles sabem priorizar o que é importante e não permitir que preocupações triviais atrapalhem sua paz.

Isso não significa que pessoas sábias varram seus problemas para debaixo do tapete. Eles sabem que é melhor enfrentar seus problemas de frente. Eles não permitem que seus pensamentos negativos assumam o controle ou deixem que uma pequena falha estrague seu dia.

7) Eles demonstram flexibilidade

À medida que envelhecemos, muitas pessoas tendem a ficar presas em seus caminhos. Este é um estereótipo comum para pessoas mais velhas. Eu via isso o tempo todo como enfermeira geriátrica. Eles querem as coisas de uma certa maneira e ficam irritados se alguma coisa interfere em sua rotina.

Mas a sabedoria transmite a algumas pessoas mais velhas flexibilidade de pensamento. Ao contrário dos seus pares, que se tornam bastante rígidos quanto à sua mentalidade e hábitos, estas pessoas estão abertas a novas perspectivas.

Sua disposição de ser flexível os ajuda a evoluir como pessoa ao longo de toda a vida. Isso ocorre porque eles não são limitados por padrões de pensamento ou comportamentos rígidos que podem impedir seu desenvolvimento pessoal.

8) Eles vivem no “agora”

Arrependimentos? Eu tive alguns…

Mas, novamente, poucos para mencionar”

Isso é sabedoria, pessoal.

Vou arriscar e dizer que todos nós temos um ou dois arrependimentos. Relacionamentos fracassados, más escolhas profissionais, amizades perdidas… todos nós temos algo que questionamos em retrospecto.

E tudo bem.

O que importa é quanto poder você está disposto a permitir que esses arrependimentos exerçam sua vida.

Os mais velhos sábios entendem que não é possível mudar o passado, por isso é tolice insistir nisso. Eles vivem o momento, porque isso é tudo que qualquer um de nós tem garantido.

9) Eles procuram soluções

Uma pessoa sábia não se deixa atolar por uma ciclo de negatividade. Em vez disso, eles concentram sua energia no brainstorming de soluções para seus problemas.

Tornar-se mais velho e mais sábio significa não apenas apontar o que está errado, mas elaborar um plano para consertar as coisas.

10) Eles não estão interessados ​​em controle

Outro sinal de que uma pessoa alcançou a sabedoria é a compreensão de que não se pode controlar tudo.

Embora a perfeição seja um mito inatingível, muitas pessoas passam a vida inteira perseguindo-a.

Assim, disfarçamos nossas falhas por medo de sermos julgados ou rejeitados e criamos uma aparência externa de perfeição que apenas nos faz sentir desconectados e falsos.

Esta pode ser a causa de grande infelicidade em qualquer fase da vida.

Indivíduos sábios, entretanto, reconhecem e aceitam suas falhas. Eles sabem que, independentemente da idade, continuam com obras em andamento.

11) Eles demonstram empatia

Ninguém agraciado com sabedoria fica indiferente aos sentimentos dos outros. Eles captam o humor das pessoas e se esforçam para ver as coisas da perspectiva dos outros.

A sabedoria transmite uma forte noção de como as pessoas ao seu redor estão se saindo emocionalmente. Eles podem, e o fazem, se colocar no seu lugar, um traço de caráter que falta a muitas pessoas.

Isso os ajuda a se conectar em um nível mais profundo com uma ampla gama de pessoas.

Praticar empatia não é uma questão de acordo. É entender de onde vem a outra pessoa, mesmo que você não esteja necessariamente de acordo com o ponto de vista dela.

Pensamentos finais

Envelhecer é uma bênção negada a muitos. A sabedoria acumulada em uma vida inteira de experiências é a joia da coroa de ser um ancião e pode ser bastante útil para pessoas mais jovens, astutas o suficiente para fazer perguntas aos mais velhos.

Há muito que podemos aprender uns com os outros se estivermos dispostos a abrir nossas mentes e corações.

Perdeu seu senso de propósito?

Nesta era de sobrecarga de informação e pressão para satisfazer as expectativas dos outros, muitos lutam para se conectarem com o seu propósito e valores fundamentais. É fácil perder a bússola interior.

Jeanette Brown criou este PDF gratuito de descoberta de valores para ajudar a esclarecer suas motivações e crenças mais profundas. Como experiente coach de vida e professora de autoaperfeiçoamento, Jeanette orienta as pessoas em grandes transições, realinhando-as com seus princípios.

Seus exercícios de valores exclusivamente perspicazes iluminarão o que o inspira, o que você representa e como pretende operar. Isso serve como um filtro refrescante para desligar o ruído social, para que você possa fazer escolhas baseadas no que é mais importante para você.

Com seus valores claramente ancorados, você ganhará direção, motivação e bússola para tomar decisões a partir do seu melhor – em vez de emoções passageiras ou influências externas.

Pare de vagar sem propósito. Redescubra o que faz você ganhar vida com o guia de clareza de valores de Jeanette Brown.



Share. Facebook Twitter Pinterest LinkedIn Tumblr Email

Formado em Educação Física, apaixonado por tecnologia, decidi criar o site news space em 2022 para divulgar meu trabalho, tenho como objetivo fornecer informações relevantes e descomplicadas sobre diversos assuntos, incluindo jogos, tecnologia, esportes, educação e muito mais.