Dinheiro novo, sem terno ou gravata: Taylor Swift continua lucrando com seu sucesso de bilheteria Eras Tour.

A Disney está pagando mais de US$ 75 milhões ao cantor, compositor e empresário para transmitir exclusivamente “Taylor Swift: The Eras Tour (Taylor’s Version)”, no Disney+ em todo o mundo, de acordo com Puck News, citando fontes anônimas. De acordo com o relatório, a Disney superou o lance da Netflix e da Universal Pictures (que cuidou da distribuição digital/VOD do filme) pelos direitos de streaming.

A Disney se recusou a comentar sobre o acordo de streaming de “The Eras Tour”, que incluirá cinco músicas que não estão nas versões anteriores do filme. Um representante da Swift não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

“Taylor Swift: The Eras Tour”, após sua estreia nos cinemas em 13 de outubro, arrecadou US$ 261,7 milhões nas bilheterias globais – tornando-se o filme-concerto de maior bilheteria até hoje. O filme foi rodado nos três primeiros shows da turnê Eras em Los Angeles, de 3 a 5 de agosto de 2023. O lançamento teatral de 2 horas e 45 minutos omitiu várias músicas das apresentações.

A versão recém-ampliada de “The Eras Tour” estreará em 15 de março no Disney+. Entre as músicas bônus incluídas no streamer estará “Cardigan”, do álbum “Folklore” de Swift de 2020, além de quatro músicas acústicas – mas nem Swift nem a Disney ainda revelaram quais são. Baseado em VariedadeApós a análise de Swift dos três shows de Swift no SoFi Stadium de Los Angeles filmados para o filme (e excluídos da versão original), essas são provavelmente as quatro “músicas surpresa” acústicas que ela cantou: “Death by a Thousand Cuts”, “Maroon”, “ Você está apaixonado” e “Eu posso ver você”.

“Sabemos que o público vai adorar a chance de reviver a eletrizante ‘Taylor Swift: Eras Tour (Taylor’s Version)’ sempre que quiser no Disney+”, disse o chefe da Disney, Bob Iger, na teleconferência de resultados da empresa na quarta-feira.

O lançamento digital de “Taylor Swift: The Eras Tour” foi lançado em 13 de dezembro, aniversário de Swift. Essa versão, distribuída pela Universal, incluía três músicas bônus que não foram vistas nos cinemas – “Wildest Dreams”, “The Archer” e “Long Live” – que aumentaram sua duração para 3 horas e 1 minuto.

Na foto acima: Taylor Swift comparece à estreia mundial do filme-concerto “Taylor Swift: The Eras Tour” no AMC The Grove 14 em 11 de outubro de 2023, em Los Angeles

Share. Facebook Twitter Pinterest LinkedIn Tumblr Email

Formado em Educação Física, apaixonado por tecnologia, decidi criar o site news space em 2022 para divulgar meu trabalho, tenho como objetivo fornecer informações relevantes e descomplicadas sobre diversos assuntos, incluindo jogos, tecnologia, esportes, educação e muito mais.